8jul

De Pelé a Neymar: o mesmo drama, 52 anos depois.

O que ocorreu com Pelé, na Copa realizada no Chile, em 62, poderia ser uma fatalidade para a seleção canarinho. Logo no segundo jogo do Mundial, contra a Tchecoslováquia, o Rei do Futebol sentiu um problema muscular e não pôde mais participar da Copa. Na ocasião, seu substituto, Amarildo, deu conta do recado e ajudou a nossa seleção na trajetória do bicampeonato mundial.

 

Para quem acredita que um mesmo raio não cai no mesmo lugar, até que esse pensamento pode ser repensado quando nos lembramos do que ocorreu com Neymar, na última sexta-feira. Guarde bem esta data: 04/07/2014. Pode ter sido uma pausa na carreira vitoriosa de nosso maior craque. Mas por que não pensarmos que essa Copa pode ser como em 62? Nós acreditamos. Rumo ao hexa, Brasil!

 

Veja o click de alguns jogadores que passaram pelo mesmo drama:

 

Ferenc Puskas (Copa de 1954)


 

Pelé (Copa de 1962)


 

Franz Beckenbauer (Copa de 1970)


 

Patrick Battinson (Copa de 1982)


 

Nery Pumpido (Copa de 1990)


 

Tab Ramos (Copa de 1994)


 

E, por fim…

 

Neymar (Copa de 2014)


 

Que o substituto de nosso craque possa corresponder à altura, assim como Amarildo fez com Pelé. Vai Brasil!

 

Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • Blogplay
Publicado em: Sem categoria
Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • Blogplay

Adicionar novo comentário

Nome*
E-mail*
Website
Mensagem