15ago

Click. E tá feita a foto!

Hoje em dia é assim: bateu a fome, ninguém precisa esperar. Existem pratos deliciosos que ficam prontos em poucos minutos. Um recado precisa ser passado, em instantes, por mensagem, rede social ou qualquer outro recurso tecnológico, a notícia chega em quem deve chegar.  Aliás, em poucos minutos, chega do outro lado do mundo se você quiser. Tudo hoje é mais fácil, mais rápido, mais dinâmico e, por isso também, menos “romântico”. Com a fotografia não é diferente: flashs instantâneos, cliques pelo celular, instagrans e outros tantos recursos poderosos vêm tornando o ato de fotografar cada vez mais simples. Mas não importa quantas invenções surjam, a fotografia sempre exigirá de quem se aventurar pelo ofício uma certa magia. Não tem jeito. Por mais que as câmeras digitais tenham tirado das viagens em família, das festas inesquecíveis, dos grandes eventos, da publicidade e dos registros do dia a dia aquela ansiedade de esperar pela revelação, pela “hora da verdade”, elas nos trouxeram um outro tipo de questionamento: onde está a verdadeira arte na fotografia? Para nós, da Abruzzo, está no olhar, na experiência do profissional, na captura do momento exato, nos conhecimentos de iluminação e em uma série de outros detalhes que só mesmo quem tem paixão pela fotografia é capaz de compreender.

Muito mais do que fazer uso de bons equipamentos e aparatos tecnológicos de última geração, fotografar é revelar o mundo através do próprio olhar, do sentimento. Mostrar um instante que não volta, um acontecimento que não espera, e a vida que não para. O fotógrafo tem um milésimo de segundo para registrar a foto perfeita. Tem em suas mãos o poder de obter a imagem mais compartilhada de todos os tempos ou apenas mais uma em meio à enxurrada de informações que recebemos diariamente.

Na Abruzzo, os profissionais têm mais do que tecnologia à disposição dos clientes. Têm sentimento, olhar, experiência, conhecimento técnico e muita paixão pela imagem fotográfica. Mais do que isso: sabem que, por mais de surjam mil inovações, a essência de ser um fotógrafo vai ser cada vez mais valorizada pelo mercado. Pois, como diria o famoso fotógrafo JR Duran, “quando você consegue fotografar o que você vê e não o que as pessoas enxergam, é quando você consegue fazer o que quiser com a câmera”.

E já que estamos citando grandes nomes da fotografia, vamos terminar, então, parabenizando você que sabe o momento decisivo de clicar ou que sabe admirar uma boa foto.

Publicado em: Institucional
Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google Bookmarks
  • Blogplay